sexta-feira, 16 de abril de 2010

TELEVISÃO BRASILEIRA A PIOR DO MUNDO

Falar sobre os perigos da programação da Televisão no Brasil, parece chover no molhado, uma vez que, todos sabemos de seus malefícios. Mas o tema merece ser revisto, considerando que no momento atual, tanto no Brasil como em todo o mundo, a televisão é o objeto de maior prestígio como veículo de comunicação e entretenimento, possibilitando ser o mundo uma única tribo.

A televisão encanta pela sua magia em permitir que pessoas nos mais distantes rincões desse Brasil, vivenciem a realidade ao vivo, do que acontece do outro lado do mundo. Ainda, com a sensação de estar presente nas cidades e lugares, onde, talvez, jamais poderiam estar. É sem dúvida um instrumento de nivelação social, onde ricos e pobres usufruem do mesmo conteúdo, o que muda é apenas o modelo do aparelho.

A presença da televisão na vida das pessoas hoje em dia é algo que preocupa. Ela é com certeza o membro a mais da família, e que passa a merecer a atenção de todos. A forma estrategicamente pensada para inserir as crianças no mundo ilusório televisivo, é covardemente competente; chega a comprometer o futuro de uma geração. As crianças são o futuro da nação.

É desafiante enfrentar a força escravisadora da televisão brasileira, exigindo muita determinação e temor de Deus para não se submeter aos seus caprichos. Para a crítica intelectual, não é simpático e inteligente falar mal da televisão brasileira. Por isso não se vê atitudes firmes das autoridades e políticos contra a ardil proposta que ela nos traz; penso e vocês simplesmente me seguem.

A revista Carta Capital nº 71 de dezembro de 2005, publicou uma reportagem, onde diz que uma pesquisa realizada pela Rede GLOBO identificou o perfil do telespectador médio do Jornal Nacional, como sendo um sujeito preguiçoso, burro e que adora ficar no sofá, assistindo a TV, comendo rosquinhas e bebendo cerveja. Ou seja, um ser que não pensa e que jamais questionará as baboseiras que assiste.

Em pesquisa recente feita durante uma semana os estudantes da escola de comunicação de São Paulo, anotando todas as cenas violentas e imorais exibidas durante toda a programação das emissoras de televisão brasileira, chegaram a números assustadores como: 114 relações sexuais explicitas, 1940 tiros, 651 brigas. A televisão brasileira é tão perniciosa que uma criança que assiste televisão por muito tempo, quando completar 16 anos, terá assistido 18.000 (dezoito mil) assassinatos.

A programação da televisão aberta no Brasil é tão ruim, que se torna difícil falar sobre vantagens que este meio de comunicação de massa pode nos propiciar. Além da importância da informação atualizada, somente o bom uso do controle remoto se torna vantajoso para o usuário.

É utópico, mas necessário sonhar, que um dia a televisão brasileira poderá ser usada para instruir, para educar, para formar pensadores, e não simplesmente alienar. Que um dia os intelectuais sejam oriundos dos bancos das escolas e não da novela das oito. Que o padrão de comportamento das pessoas, sejam fruto da formação familiar e não dos programas de entretenimento. Sonhar que um dia as pessoas irão desligar a televisão para protestar contra a banalização da vida, do desmanche da moralidade, que vemos hoje na programação da televisão aberta no Brasil.

Sonhar que Deus levante no parlamento homens e mulheres comprometidos com o seu reino, com coragem e competência para propor leis que salve nossas famílias da escravidão imposta pela televisão brasileira.

Um comentário:

Fatima disse...

caríssimo Deputado, desculpe por usar seu blog pessoal para comentar seu pronunciamento de quarta-feira. Que felicidademeu Deus em saber que o Senhor está aí da Camara para defender nossos garotos dessa nogeira que estão tentando nos enfiar "goelaabaixo"; o famoso "Kit Gay". Por favor como servo de Deus que é, lute com "unhas e dentes" e não deixe esse projeto ser aprovado. O ensinamento no Brasil ainda tem muito a desejar para deixar de ensinar o necessário e ocupar o tempo com futilidades. Lute Deputado e salve nossos brasileirinhos e se por acaso alguns dos pais achem "bonitinho" seu filho "queimar a rosca", coitados; serão cobrados no céu